Search
Close this search box.

Denúncia, confusão e agressão entre prefeito de Alpinópolis, familiares e outro homem vira caso de polícia

0
COMPARTILHAMENTOS
2.8k
VISUALIZAÇÕES

Durante a tarde de quarta-feira, 26, a Polícia Militar de Alpinópolis atendeu a uma ocorrência que envolveu o prefeito da cidade, Rafael Freire, seus pais e um outro homem G.J.O.S. Segundo o Boletim de Ocorrência, a confusão teve início a partir de uma “denúncia” feita por G.J.O.S, filmada e postada em grupos de WhatsApp.

📱Participe do Canal Portal Onda Sul no WhatsApp

No vídeo que circula nas redes sociais, o homem filma um dos carros da prefeitura estacionado próximo a uma barbearia, localizada na Rua Governador Valadares. Nas imagens o homem (indignado), confronta o fato do prefeito de Alpinópolis usar o veículo para seus compromissos particulares, denunciando um possível “crime contra a administração pública”, como está descrito no boletim.

A proporção do caso ficou ainda maior quando o atual prefeito de Alpinópolis, Rafael Freire, soube que G.J.O.S, estava o filmando e o difamando nas redes sociais. Em sua defesa, o prefeito alega que é perseguido há tempos por G.J.O.S e que ele “há tempos vem difamando e denegrindo a honra” dele.

Por causa dessas imagens, o prefeito tomou a atitude de ir, acompanhado de seus pais, até a casa do outro homem, para esclarecer toda a situação. Antes, o prefeito alega ter entrado em contato com a Polícia Militar, que o orientou a não agir antes da presença policial e registrar um B.O com cautela. Já no local, os ânimos se agitaram, ameaças aconteceram e os envolvidos supostamente entraram em luta corporal.

Por um lado, Rafael e seus familiares alegam G.J.O.S de ameaçá-los e partir para cima de Rafael Freire. Ainda de acordo com o prefeito e seus pais, no Boletim de Ocorrência, a mãe de Rafael, vendo os ânimos exaltados, tentou separar os dois, antes que G.J.O.S o agredisse, mas foi lançada ao solo por ele e em seguida desmaiou. Com isso, Rafael e seu pai agiram para impedir que a agressão continuasse no local.

Já a versão de G.J.O.S, embora as filmagens tenham sido realizadas, a abordagem do prefeito foi autoritária, inclusive que o prefeito havia desconsiderado a conversa que teve com a PM antes de toda a confusão acontecer. Além disso, ele alega ter sido agredido fisicamente pelo pai de Rafael, que desceu de um outro carro para ajudar o prefeito. Ele até publicou nas suas redes sociais vídeos e imagens da pós agressão, sendo o rosto e o pescoço machucado durante o embate.

Por fim, todos os envolvidos queixaram de dores nas mãos, membros superiores e rosto. Após todos serem ouvidos na PM e o Boletim de Ocorrência ter sido realizado, o caso seguirá para a Justiça, onde os desdobramentos finais devem acontecer entre os quatro envolvidos.

Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
×