Search
Close this search box.

Gasolina e gás de cozinha passam por alteração de valor, veja o que diz a Petrobras

0
COMPARTILHAMENTOS
764
VISUALIZAÇÕES

Nesta segunda-feira, 08, a Petrobras fez um anúncio sobre a modificação dos preços da gasolina e gás de cozinha para as distribuidoras, válido a partir de amanhã, terça-feira (09).

📱Participe do Canal Portal Onda Sul no WhatsApp

Para a gasolina, o aumento significa 7,11%, a variação deve refletir em uma alta de 2,50% nas bombas para o consumidor. Isso, de acordo com o cálculo da Warren Investimentos. O último reajuste confirmado pela Petrobras, foi em outubro do ano passado. No caso, a redução de R$ 0,12 (para R$ 2,81 o litro).

A Petrobras não segue mais a política de paridade internacional (PPPI), que reajustava os preços dos combustíveis com relação ao dólar e a cotação do petróleo no exterior. Sendo assim, a gasolina teve, segundo a Petrobras, uma redução de R$ 0,17 em seus preços de venda para as distribuidoras.

Além dessa variação, o gás de cozinha também passou por um novo processo. O gás não era alterado desde julho de 2023, há mais de um ano. Naquele período, o botijão de 13kg passou a custar R$ 31,66, uma alta de 9,6%.

Confira a nota da Petrobras

A partir de amanhã, 09/07, a Petrobras ajustará seus preços de venda de gasolina A para as distribuidoras que passará a ser, em média, de R$ 3,01 por litro, um aumento de R$ 0,20 por litro.

Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para composição da gasolina C vendida nos postos, a parcela da Petrobras na composição do preço ao consumidor passará a ser de R$ 2,20 /litro, uma variação de R$ 0,15 a cada litro de gasolina C.

Em 2024, este é o primeiro ajuste nos preços de venda de gasolina A da Petrobras para as distribuidoras. O último ajuste ocorreu em 21/10/2023, uma redução. E o último aumento ocorreu em 16/08/2023.

Desde a implementação da nova estratégia comercial, a Petrobras reduziu seus preços de venda para as distribuidoras em R$ 0,17 /litro.

Já para o GLP, a Petrobras ajustará seus preços de venda para as distribuidoras que passará a ser, em média, equivalente a R$ 34,70 por botijão de 13kg, um aumento equivalente a R$ 3,10.

Em 2024, este é o primeiro ajuste nos preços de venda de GLP da Petrobras para as distribuidoras. Os últimos ajustes ocorreram em 17/05 e 01/07/2023, duas reduções. E o último aumento ocorreu em 11/03/2022.

Desde 31/12/2022, a Petrobras reduziu seus preços de venda para as distribuidoras em valor equivalente a R$ 7,34 /13kg..

Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
×