Search
Close this search box.

Mulher se casa com avô do companheiro e Justiça anula união

0
COMPARTILHAMENTOS
944
VISUALIZAÇÕES

Uma mulher de 36 anos, que se casou com o avô de seu companheiro, um militar aposentado de 92 anos, teve a união anulada pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Segundo entendimento do desembargador, a jovem já tinha um relacionamento estável com o neto do homem, com quem tinha três filhos.

📱Participe do Canal Portal Onda Sul no WhatsApp

O casamento, feito em 2016, teria ocorrido apenas com o objetivo de receber benefícios do Instituto de Previdência dos Servidores Militares do Estado de Minas Gerais (IPSM). O Ministério Público de Minas Gerais e o IPSM pleitearam que o casamento fosse anulado e que a dona de casa pagasse indenização por danos morais coletivos.

O magistrado concluiu que a mulher se casou com o avô do companheiro para ter acesso a benefícios previdenciários e à assistência de saúde de forma fraudulenta. Entretanto, negou às instituições o pedido de indenização por danos morais coletivos.

Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4

×