Search
Close this search box.

Santa Casa de Passos ultrapassa a marca de 100 transplantes de rim

0
COMPARTILHAMENTOS
125
VISUALIZAÇÕES

Pacientes provenientes de Passos representam cerca de 40% dos transplantes de rim realizados pela Santa Casa desde outubro de 2018, quando os procedimentos começaram. No município, 44 pessoas passaram pela cirurgia no período, sendo 15 neste ano. A Santa Casa já atingiu 100 transplantes de rim, número que já foi superado com duas novas cirurgias realizadas na entidade.

Em menos de cinco anos, a equipe de transplante renal da Santa Casa, coordenada pelo nefrologista Tomás Ribeiro Carvalho, atendeu pacientes de 14 municípios da região de Passos e também das cidades de Alfenas e Varginha, que antes precisaram buscar a cirurgias em outros locais.

O programa teve início há 10 anos, quando o hospital começou a se estruturar para a realização dos transplantes, e a primeira cirurgia foi feita em outubro de 2018. Desde então, os números aumentaram até a covid 19, quando chegou a ser suspenso devido aos efeitos da pandemia no setor de saúde. Em 2021, foi realizado um procedimento. No ano seguinte, o número subiu para 22 e, até ontem, já havia atingido 31 transplantes em 2023.

Segundo o nefrologista Felipe Marques Tomé, que integra a equipe de transplante renal, a abordagem multiprofissional do grupo inclui especialistas como urologistas, cirurgiões vasculares, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e assistentes sociais e começa na avaliação e indicação para o procedimento e se estende ao período de acompanhamento pós-operatório.

“Os pacientes, em sua maioria atendidos pelo SUS, recebem assistência integral, equânime, universal e gratuita, incluindo exames preparatórios, a cirurgia, o acompanhamento ambulatorial e os medicamentos necessários no período pós-transplante”, afirma o médico.

Felipe também disse que o centro de transplante renal da Santa Casa de Passos atende toda a região de referência do hospital e a intenção é que o serviço seja expandido para atender outros centros de nefrologia da região Sul de Minas.

SETEMBRO VERDE

A Santa Casa aponta que, com a comemoração da marca de 100 transplantes renais realizados, a equipe também ressalta a importância do Setembro Verde, campanha de conscientização sobre a doação de órgãos. O Dia Nacional da Doação de Órgãos é celebrado nesta quarta-feira, 27 de setembro. De acordo com a Santa Casa, todos os transplantes de rim realizados no hospital foram com órgãos de doador cadáver.

“Um mesmo doador pode beneficiar várias pessoas e mudar o curso de várias vidas. É extremamente gratificante para a equipe do hospital que o mês comemorativo coincida com a marca simbólica dos 100 transplantes de rim realizados em Passos, em tão pouco tempo e com uma taxa de sucesso tão expressiva neste ano (acima de 90%)”, afirma Felipe.

“Queremos que este número cresça exponencialmente nos próximos anos. Estamos nos qualificando a cada dia para que isso seja possível”, informa a equipe de transplante renal da Santa Casa de Passos.

MAIOR DO MUNDO

O Brasil é reconhecido como referência mundial na área de transplantes e possui o maior sistema público de transplantes do mundo, o Sistema Nacional de Transplantes (SNT) e segundo em número de procedimentos, atrás apenas dos Estados Unidos.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil bateu um recorde de transplantes nos últimos dez anos, com quase 2 mil doadores efetivos registrados apenas no primeiro semestre de 2023, representando um aumento de aproximadamente 20% nos transplantes renais no país.

No entanto, apesar desses avanços, a quantidade de pessoas na lista de espera por um órgão ainda é significativa, com mais de 60 mil pessoas aguardando por um transplante no Brasil, das quais mais de 37 mil aguardam por um transplante de rim.

Fonte: Clic Folha

×