Onda Sul FM

Tag: economia

Cinco estados brasileiros já emitem Título de Eleitor em papel comum

Cinco estados brasileiros já emitem Título de Eleitor em papel comum

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Módulos, Notícias, Política
Aprovado em 2017, o novo modelo visa à economicidade e será impresso à medida que os estoques dos formulários atuais se esgotarem A impressão do título eleitoral em papel comum, com o recurso do QR Code, já teve início em algumas regiões nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Bahia, Pará e Acre, onde os estoques de papel de segurança (formulários pré-impressos) se esgotaram. A medida visa à economicidade e cumpre o que prevê a Resolução nº 23.538, aprovada pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral em dezembro de 2017. O modelo do título em formulário pré-impresso permanece válido e coexistirá com o novo. A emissão em papel comum ocorrerá sob demanda, ou seja, quando os eleitores comparecerem aos cartórios para emitir a primeira ou a segunda via do título. Os cartórios e
Subutilizados no mercado de trabalho chegam a 28,3 milhões, diz IBGE

Subutilizados no mercado de trabalho chegam a 28,3 milhões, diz IBGE

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
A população subutilizada no mercado de trabalho atingiu o número recorde 28,3 milhões de pessoas no primeiro trimestre deste ano, ou seja, 5,6% a mais do que no último trimestre de 2018 e 3% a mais do que no primeiro trimestre daquele ano. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), iniciada em 2012. De acordo com o IBGE, é considerado subutilizado todo aquele que está desempregado, que trabalha menos do que poderia, que não procurou emprego mas estava disponível para trabalhar ou que procurou emprego mas não estava disponível para a vaga. A taxa de subutilização também é a maior da série histórica: 25%, superior aos 23,8% do trimestre anterior e aos 24,6% do primeiro trimestre de 2018. O n
Dia das Mães movimenta o comércio brasileiro

Dia das Mães movimenta o comércio brasileiro

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
No dia 12 de maio é comemorado em todo o Brasil o dia das mães. Sendo assim, os comerciantes estão positivos com relação a essa data e em Passos, por exemplo, as lojas já registram uma maior movimentação em busca de mimos e presentes para essa data. O Dia das Mães é a segunda data que mais movimenta o país, está apenas atrás do Natal. Logo no início do mês de abril a procura já começou a aumentar e esse é um dos melhores momentos para superar os meses de baixo consumo dos últimos meses. Em outras capitais, como São Paulo o movimento das vendas pode crescer em 2% em relação ao mesmo período de 2018. Portanto, se a Páscoa não foi tão satisfatória como o esperado o tempo de recuperar tudo é agora, nos Dia das Mães.
Inflação do aluguel atinge quase 10% nos últimos 12 meses

Inflação do aluguel atinge quase 10% nos últimos 12 meses

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
O Índice Geral de Preços–Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou inflação de 0,92% em abril. O percentual é inferior ao observado em março (1,26%). Segundo informou hoje (29), no Rio de Janeiro, a Fundação Getulio Vargas (FGV), o IGP-M acumula inflação de 3,1% no ano e de 8,64% nos últimos 12 meses. A queda da taxa de março para abril foi provocada pelos preços no atacado. A inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, recuou de 1,67% em março para 1,07% em abril. Ao mesmo tempo, o varejo e a construção tiveram alta em suas taxas. O Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, subiu de 0,58% em março para 0,69% em abril. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) passou de 0,19% para 0,49% no período. Com informaç
Aneel divulga bandeira tarifária para maio; energia deve ficar mais cara

Aneel divulga bandeira tarifária para maio; energia deve ficar mais cara

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
A bandeira tarifária em maio de 2019 será amarela, com custo de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora consumido. Maio é o mês de início da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico (GSF) e motiva o acionamento da bandeira amarela. Diante da perspectiva de que as afluências aos principais reservatórios fiquem perto da média, o preço esperado para a energia (PLD) deve permanecer próximo ao registrado nos últimos meses. O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada. Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras
Cidades do Sul de Minas fecham 277 postos de trabalho

Cidades do Sul de Minas fecham 277 postos de trabalho

5 - Região/MD, Cidades, Economia, Módulos, Notícias, Passos/MG
As três maiores cidades da região do Sul de Minas (Passos, Piumhi e São Sebastião do Paraíso) registraram, no mês de março, o fechamento de 277 postos comerciais com a carteira assinada. De acordo com o Cadastro geral de Empregados e Desempregados (Caged) a Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia nesses três municípios foram registradas 1.602 admissões e 1.879 demissões no mesmo período. Sendo assim, se comparado ao mesmo período do ano passado quando a taxa foi de 15 vagas formais de emprego, o aumento foi de 1.746% no fechamento de posto de trabalho. Por fim, a cidade de Passos foi a que registrou o pior resultado no Caged em Março de 2019. De acordo com os números de dispensas e contratações,  Passos representa o fechamento de 195 postos de trabalho. TABELA COMPARATIV
Dólar vai a R$ 3,99 e atinge maior valor do ano nesta tarde

Dólar vai a R$ 3,99 e atinge maior valor do ano nesta tarde

9 - Gerais/MD, Cidades, Economia, Módulos, Mundo, Notícias
Complicações sobre o Brexit e demora da reforma da Previdência são os principais motivos para a valorização. Impulsionado pela alta da moeda norte-americana nos principais mercados do mundo e pelo desânimo dos investidores com a demora da aprovação da reforma da Previdência, o dólar bateu na tarde dessa quarta-feira, 24, o maior valor deste ano. Às 14h15, a moeda era negociada aos 3,9935 reais, com alta de 1,81% sobre o fechamento do dia anterior. O maior valor “intraday” até então era os 3,9934 reais do dia 28 de março. No fechamento, o recorde do dólar são os 3,95 reais do dia 27 de março. O dólar abriu em alta frente às moedas mundiais após notícias sobre impasses nas negociações entre os partidos trabalhista e conservador no Reino Unido, segundo o diretor da corretora Mirae As
Demanda doméstica por voos cresce no primeiro trimestre de 2019

Demanda doméstica por voos cresce no primeiro trimestre de 2019

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
A demanda de passageiros por voos no mercado doméstico cresceu 4,3% no primeiro trimestre deste ano em comparação com 2018. O número de passageiros transportados no mercado doméstico entre janeiro e março chegou a 24 milhões. O número representa um aumento de cerca de um milhão quando comparado com os três primeiros meses do ano passado. De janeiro a março de 2019, a oferta de assentos domésticos subiu 3,4% na comparação com 2018. Os dados foram divulgados hoje (23) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no Relatório de Demanda e Oferta do Transporte Aéreo. Em março, a demanda doméstica subiu 3,4% em comparação com o ano passado. A oferta teve alta de 2,2%. Também em março, em relação à participação do mercado doméstico, as empresas brasileiras mantiveram a classificação hi
Cafeicultores se preocupam com qualidade dos grãos no Sul de Minas

Cafeicultores se preocupam com qualidade dos grãos no Sul de Minas

9 - Gerais/MD, Cidades, Economia, Módulos, Notícias, Sul de Minas
Os cafeicultores do Sul de Minas já colhem antecipadamente os grãos. Porém, a realidade nas lavouras não é muito animadora. Grãos secos, verdes e maduros são encontrados nos pés. A variação foi causada pelo clima, especialmente as chuvas, que vieram em momentos inesperados. Com uma lavoura nova, de 2 anos, os pés deram frutos pela primeira vez. Na semana passada teve início a colheita manual, antecipada. A princípio, era esperado começar os trabalhos daqui um mês. "Este ano a gente teve um período chuvoso mais extenso, o que ocasionou a maturação dos grãos, adiantou. Além disso, teve uma florada picada, que vai prejudicar um pouco na questão da qualidade", disse o produtor João Paulo Pinheiro. No momento, a colheita na propriedade se limita à safra mais nova, de sete mil pés. A ma
Maioria de reclamações contra bancos é sobre oferta de produtos e serviços

Maioria de reclamações contra bancos é sobre oferta de produtos e serviços

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
O Santander liderou o ranking de reclamações contra instituições financeiras no primeiro trimestre, informou hoje (16), em Brasília, o Banco Central (BC). Foram consideradas apenas as instituições com mais de 4 milhões de clientes. No período, o BC recebeu 1.135 queixas consideradas procedentes contra o banco, sendo a maioria relacionada à “oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada (246)”. Para elaborar o ranking, as reclamações procedentes são divididas pelo número de clientes da instituição financeira que originou a demanda e multiplicadas por 1 milhão. Assim, é gerado um índice, que representa o número de reclamações do banco para cada grupo de 1 milhão de clientes. O resultado é, portanto, avaliado pela quantidade de clientes de
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat