Onda Sul FM

Tag: Furnas

Durante os primeiros meses de 2019 Usina de Furnas dobra geração de energia

Durante os primeiros meses de 2019 Usina de Furnas dobra geração de energia

5 - Região/MD, Cidades, Gerais, Minas Gerais, Módulos, Notícias
A geração de energia da Usina Hidrelétrica de furnas, localizada em São José da Barra (MG), dobrou nos cinco primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são do Operador Nacional do Sistema Elétrico.De janeiro a maio deste ano, a Usina de Furnas gerou em média 336 MW por mês, com pico registrado em Fevereiro, quando foram gerados 498 MW. Já o mês de março registrou a menor geração: 235 MW.Os números representam quase o dobro do que foi gerado no mesmo período em 2018. No ano passado, durante os cinco primeiros meses, foram gerados em média 172 MW, sendo que o pico foi em março, quando foram gerados 233 MW e o mês de menor geração foi maio: 137 MW.O aumento da geração de energia por parte da Usina Hidrelétrica de Furnas est
Marinheiros realizam limpeza no Lago de Furnas

Marinheiros realizam limpeza no Lago de Furnas

5 - Região/MD, Cidades, Furnas/MG, Gerais, Módulos, Notícias
Na última quinta-feira, 01, o Lago de Furnas recebeu uma operação de limpeza realizada pelos marinheiros da futura Associação dos Marinheiros do Lago de Furnas (Amaf) e por empresários da represa.Cerca de 25 pessoas participaram da ação. A maior quantidade retirada foi de lixo natural.Na operação, foram utilizadas três canoas e um catamarã. As embarcações ficaram lotadas com o lixo recolhido, sendo que uma canoa fez três viagens e o catamarã duas. Cerca de 70% do que foi recolhido era lixo natural, como troncos e folhas de árvore que acabam descendo para o lago pelas cachoeiras, enxurradas e tromba d’água. Os outros 30% são os lixos que os frequentadores jogaram na represa. Como latas, copos descartáveis, tampas, garrafas PET e sacos. Os marinheiros percorreram os principais pont
Canyons deve gerar 1.200 empregos em Capitólio

Canyons deve gerar 1.200 empregos em Capitólio

9 - Gerais/MD, Capitólio/MG, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
No Seminário Nacional de Governança para o Turismo, realizado na cidade de Capitólio, a empresa Canyons de Minas oficializou o lançamento de um novo empreendimento. Sendo este, em um terreno com 128 hectares no município de Capitólio, de frente para o Lago de Furnas. Este é um dos pontos onde a natureza é mais exuberante. Entretanto, em breve, serão gerados cerca de 1.200 postos de trabalho.Na área fica o Mirante dos Canyons, o maior ponto turístico da região, que atrai centenas de milhares de visitantes anualmente e, por conta de sua paisagem esplendorosa, se tornou o cartão postal de Capitólio. É um dos pontos de destaque nas listas dos locais mais lindos a serem visitados no Brasil. Sendo na avaliação das principais fontes e mídias do setor.Esse espaço abrigará o Empreendimento
Furnas alerta sobre riscos de queimadas próximos as linhas de transmissão

Furnas alerta sobre riscos de queimadas próximos as linhas de transmissão

9 - Gerais/MD, Cidades, Gerais, Minas Gerais, Módulos, Notícias
Devido ao tempo instável e a chegada do período das secas, a região central do Brasil fica mais vulnerável aos focos de incêndio. Sendo assim, Furnas alerta para as consequências do impacto do fogo nas linhas e torres de transmissão, o que pode comprometer o abastecimento de energia de cidades e regiões.Só em junho deste ano, mais de 75 mil queimadas foram registradas em todo o país. Ainda referente ao mês de junho, Mato Grosso foi o Estado com maior incidência de queimadas, com quase 30 mil focos de incêncidos, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Já Minas Gerais e Goiás tem cerca de três mil cada um. O sistema de transmissão de Furnas passa por esses Estados , onde também estão localizadas usinas e subestações.Os incêndios são uma das maiores causas de i
Colisão entre carros deixa três pessoas feridas na MG-050

Colisão entre carros deixa três pessoas feridas na MG-050

5 - Região/MD, Acidente, Cidades, Minas Gerais, Módulos, Notícias
No início da tarde desta terça-feira, 02, um acidente envolvendo dois carros foi registrado na MG-050, trevo de acesso a Furnastur.De acordo com Corpo de Bombeiros, o condutor de um Toyota Yares, relatou que seguia na MG-050, quando o motorista de um Del Rey, placas de Formiga, que seguia sentido Formiga/Pimenta, entrou no trevo que dá acesso a Furnastur e não obedeceu a parada obrigatória, vindo a colidir com o Toyota.Três pessoas ficaram feridas, uma mulher de 53 anos, passageira do Toyota e o passageiro do Del Rey, tiveram ferimentos leves. Entretanto, o motorista do Del Rey, teve ferimentos graves e fratura nos dois braços. Eles foram encaminhados para a UPA, o motorista do Toyota recusou atendimento.A Polícia Militar Rodoviária também esteve no local. 
Nível do Lago de Furnas está abaixo do esperado para o inverno

Nível do Lago de Furnas está abaixo do esperado para o inverno

5 - Região/MD, Cidades, Gerais, Minas Gerais, Módulos, Notícias
O nível do Lago de Furnas está abaixo do esperado para esta época do ano pela Associação dos Municípios. Atualmente, o nível do lago está em 51% de sua capacidade ou 761,23 metros. Há 10 anos, nesta mesma época, o nível do lago estava com 95% de sua capacidade.O nível mínimo, pelo qual as associações dos municípios tanto lutam, é que o lago fique sempre com pelo menos 762 metros. O que preocupa é que o nível está abaixo do mínimo já no período de estiagem. O nível de 762 metros é considerado o mais seguro para atender todos os setores, como turismo, piscicultura e geração de energia. Como o período é de pouca chuva, as expectativas das associações não são nada boas. Este é o 3º ano seguido em que o nível de Furnas entra neste período abaixo da cota.
Furnas paga R$ 2 mi por uso da água; Carmo do Rio Claro foi a cidade que mais lucrou

Furnas paga R$ 2 mi por uso da água; Carmo do Rio Claro foi a cidade que mais lucrou

4.5 - Carmo do Rio Claro, Cidades, Economia, Minas Gerais, Módulos, Notícias
A usina hidrelétrica de Furnas, subsidiária da Eletrobras, pagou R$2,16 milhões a seis municípios da região, no ano passado. O dinheiro é oriundo da Compensação Financeira pela Utilização de Recurso Hídricos (CFURH).O valor repassado é equivalente a cerca de 7% de toda a energia produzida mensalmente pela usina hidrelétrica, valorada pela Tarifa Atualizada de Referência (TAR). E repartida entre estados e municípios que tiveram parte de seus recursos explorados para fins de geração de energia.A compensação, que é repassada mensalmente, não pode ser usada para pagamento de folha de pessoal ou para quitar dívidas, exceto as contraídas junto à União. Dos valores pagos às cidades no entorno da represa, Carmo do Rio Claro foi a que mais lucrou, ao todo, foram destinados R$908.151,45 aos
Usina de Furnas pagou R$ 12,2 milhões de royalties por uso da água em 2018

Usina de Furnas pagou R$ 12,2 milhões de royalties por uso da água em 2018

5 - Região/MD, Cidades, Economia, Módulos, Notícias, São José da Barra/MG
A usina hidrelétrica de Furnas, em São José da Barra, MG, gerou R$ 12,2 milhões em royalties em 2018.O montante representa 10,7% de todos os royalties pagos nas 12 usinas do Sistema Furnas em todo o Brasil em compensação financeira pela utilização de recursos hídricos. O montante total foi de R$ 113,4 milhões, segundo a empresa.Conforme a Furnas Centrais Elétricas, o montante foi pago pela empresa à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Que distribuiu às administrações estaduais e 106 municípios de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso, além de órgãos do Governo Federal. Desde 2007, a companhia pagou cerca de R$ 2 bilhões para a Aneel pelo uso de recursos hídricos para geração de energia em todo o Brasil. Do total dos royalties gerados, 10% foram rep
Prefeitos da Alago cobram explicações sobre baixo nível do Lago de Furnas

Prefeitos da Alago cobram explicações sobre baixo nível do Lago de Furnas

5 - Região/MD, Cidade, Cidades, Módulos, Notícias, Sul de Minas
Prefeitos de cidades banhadas pelo Lago de Furnas exigem explicações para o baixo nível do reservatório. Apesar de a geração de energia ter caído e a quantidade de chuvas aumentado, a água não aumentou proporcionalmente. Os chefes do Executivo, em carta, afirmam afirmam que a água da represa está sendo desviada para abastecer a Hidrovia Paraná-Tietê. A cota máxima do lago, de 99,05% de volume útil, foi atingida em 2011. O vertedouro, então, foi aberto para liberar o excesso. Desde essa época, o fato não foi mais registrado. Também em 2011, a geração média de energia foi de 668 megawatts mensais. A quantidade caiu drasticamente em 2018, chegando a 269 megawatts por mês (-59,7%). Ainda assim, não é possível observar a recuperação do reservatório, que atualmente tem pouco mais de 42% da cap
FURNAS apresenta Plano de Ação Emergencial a agentes públicos de municípios vizinhos à UHE de Furnas

FURNAS apresenta Plano de Ação Emergencial a agentes públicos de municípios vizinhos à UHE de Furnas

9 - Gerais/MD, Carmo do Rio Claro/MG, Cidades, Gerais, Módulos, Notícias
Especialistas de FURNAS receberam nesta quinta-feira, 28, na Usina de Furnas, agentes públicos de municípios localizados a jusante da barragem do empreendimento.O objetivo foi apresentar o Plano de Ação Emergencial (PAE), que é parte integrante do Plano de Segurança de Barragens, elaborado pela Companhia, para a UHE Furnas e o Dique Piumhi.Os especialistas de FURNAS mostraram as características técnicas e operacionais da usina e da barragem auxiliar de Piumhi. Onde explicaram as diferenças entre o projeto de uma barragem de rejeitos de minério e de uma usina hidrelétrica. Eles apresentaram o estudo de dambreak (ruptura) e tiraram dúvidas para nortear as prefeituras e defesas civis para que as mesmas também estejam cientes de suas responsabilidades junto à população.Todos os Pla
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA