Search
Close this search box.

Violência doméstica cresce quando há resultados inesperados em jogos de futebol

0
COMPARTILHAMENTOS
0
VISUALIZAÇÕES

Casos de violência doméstica crescem com resultados inesperados no futebol. Uma pesquisa do Departamento de Economia da USP mostrou que os registros de violência contra as mulheres dentro de casa crescem pelo menos 7% quando os times de futebol não alcançam os resultados esperados.

A pesquisa comparou os boletins de ocorrência em 737 municípios de São Paulo e 92 do Rio de Janeiro e cruzou os dados com o calendário de jogos do Campeonato Brasileiro de Futebol das séries A e B entre 2015 e 2019.

Nesse período aconteceram 3,8 mil partidas. A partir da análise de sites de apostas, foram levantados os resultados esperados para cada jogo. E nas situações em que o resultado era diferente do previsto, houve mais violência.

A pesquisa mostra que esse problema pode ser ainda maior, já que é grande o número de casos de violência que deixam de ser registrados ou são registrados dias depois da partida de futebol ter acontecido.

A pesquisa é de autoria de Isadora Árabe. A motivação para fazer o estudo veio de pesquisas semelhantes em outros países, mas também em função de um crime de feminicídio, no começo de 2021, quando um empresário corinthiano assassinou a esposa palmeirense depois de uma discussão que começou depois de um jogo contra o Santos que garantiu ao Palmeiras o título de campeão da libertadores.

 

Fonte: Rádio Agência Nacional –  Por Eliane Gonçalves 

 

 

×