Search
Close this search box.

Hospitais de Carmo, Alpinópolis, Passos entre outros recebem doações da Cooxupé

Foto: Divulgação
0
COMPARTILHAMENTOS
596
VISUALIZAÇÕES

A Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé) doou R$ 2 milhões para 62 hospitais localizados em Minas e no estado de São Paulo. Na região, 13 instituições receberam os cheques com valores doados pela cooperativa em evento realizado na última terça-feira, 2.

📱Participe do Canal Portal Onda Sul no WhatsApp

Segundo informações da Cooxupé, foram beneficiados o Hospital São João Batista, de Itamogi, a Santa Casa de Passos, o Hospital Municipal de Bom Jesus da Penha, o Hospital e Santa Casa de Jacuí, o Hospital Municipal Santa Rita, de Nova Resende, o Hospital São Vicente de Paulo, de Carmo do Rio Claro, a Santa Casa de Monte Santo de Minas, a Santa Casa de Alpinópolis, o Hospital Municipal de São Roque de Minas, a Santa Casa de Piumhi, o Hospital Municipal de São José da Barra, o Hospital Nossa Senhora do Sagrado Coração, de São Sebastião do Paraíso e Fundo Municipal de Saúde de Vargem Bonita.

Segundo informações da Cooxupé, a doação deve auxiliar os hospitais nas atividades de rotina e no atendimento junto à população.

De acordo com a instituição, as doações começaram em 2020, durante a pandemia de covid. Desde então, a cooperativa já doou R$ 8,5 milhões para instituições hospitalares, levando em consideração o volume de recebimento de café por parte dos cooperados.

Em relação aos hospitais oncológicos, a Cooxupé afirma que a seleção contempla os atendimentos que abrangem municípios onde a cooperativa possui unidades e núcleos.

Para o vice-presidente da cooperativa, Osvaldo Bachião Filho, a entidade entendeu a necessidade e a importância de continuar colaborando com os hospitais presentes em municípios da área de atuação da cooperativa, pela relevância dos serviços prestados e, também, em cumprimento aos princípios cooperativistas, sempre pensando no bem-estar e na transformação social.

“Nesse sentido, a destinação de recursos acontece há quatro anos, sempre após a aprovação pelo Conselho de Administração da Cooxupé, para auxílio nos diversos tratamentos, entre eles, o de caráter oncológico”, afirmou.

Importância das doações

De acordo com a diretora do Hospital Municipal Santa Rita, de Nova Resende, Silvia Helena de Oliveira, o recurso chegou em boa hora. “As doações são sempre muito bem-vindas. Em nome de toda a diretoria, dos funcionários, dos médicos e da enfermagem do hospital, fica a nossa eterna gratidão à Cooxupé”, ressaltou.

Para o superintendente da Santa Casa de Guaxupé, Rafael Olinto, a doação é extremamente importante para o fluxo de caixa da entidade que atende, prioritariamente, pacientes pelo SUS. “O acesso é gratuito, mas a saúde custa caro. Esse dinheiro vindo da Cooxupé é a demonstração do papel social da cooperativa”, disse.

Fonte: Clic Folha
Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
×