Search
Close this search box.

Minas Gerais será samba-enredo da Unidos do Viradouro

0
COMPARTILHAMENTOS
2
VISUALIZAÇÕES

A escola de samba Unidos do Viradouro, do Grupo Especial, definiu o tema do enredo para o Carnaval 2023. Minas Gerais vai debutar na avenida Marquês de Sapucaí através da história de Rosa Maria Egipcíaca, que veio da África para o Estado no período pré-Inconfidência.

A executiva da Unidos da Viradouro, Júlia Rodrigues, esteve na última quarta-feira (14), no Palácio da Liberdade, reunida com o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, para debater o tema. No enredo, terão alas dedicadas à mineiridade, à campanha A Liberdade Mora em Minas e ao sertão de Guimarães Rosa.

O carnaval da Viradouro será uma junção das histórias de Rosa, Aleijadinho, barroco e contemporaneidade. Trazida para o Brasil escravizada, Rosa passa boa parte da vida em Minas Gerais, vivendo nas cidades de Vila Rica (Ouro Preto), São João del-Rei e Mariana. Sua história vai da religiosidade à santidade, com passagens em que até é exorcizada em frente da igreja de Santa Efigênia.

Rosa também foi a primeira mulher negra a escrever um livro no país e a refletir sobre importantes aspectos de sua história de escrava, meretriz, feiticeira e beata. O enredo do carnavalesco Tarcísio Zanon será inspirado no livro “Rosa Egipcíaca: Uma Santa Africana no Brasil”, do escritor Luiz Mott. Na avenida, Rosa será encarnada pela atriz mineira Erika Januza, a rainha da bateria, que já até postou fotos como a personagem em seu perfil no Instagram.

A Viradouro vai encerrar o espetáculo do Grupo Especial em 2023. Será a última escola do desfile de segunda-feira de Carnaval.

×