Onda Sul FM

Tag: INSS

Número de aposentados supera o de trabalhadores formais em Alpinópolis

Número de aposentados supera o de trabalhadores formais em Alpinópolis

5 - Região/MD, Alpinópolis/MG, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
Um levantamento realizado pela Confederação Nacional do Comércio revelou que em Alpinópolis a quantidade de aposentados supera o número de pessoas que trabalha com carteira assinada. Sendo nos setores público e privado. Os dados foram extraídos de relatórios da Secretaria da Previdência e da Relação Anual de Informações Sociais, tendo como base o ano de 2017. A estatística mostra que, em Alpinópolis, no período averiguado, para cada trabalhador registrado existia 1,1 beneficiários do INSS. Ou seja, eram cerca de 2.575 formalizados para 2.834 aposentados. Desses beneficiários, 1.520 se aposentaram por idade, 950 por invalidez e 364 por tempo de contribuição. O número de aposentadorias na cidade equivale a aproximadamente 14,35% da população total, isso levando em conta a mais recente
INSS desmente boatos sobre prova de vida

INSS desmente boatos sobre prova de vida

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
Uma nota publicada em vários veículos de comunicação anunciava que na próxima segunda-feira (25), aposentados e pensionistas que não tivessem feito a prova de vida teriam seu dinheiro bloqueado. Com isso, através do site da previdência, o INSS desmentiu o boato que estava em circulação e ainda explicou passo a passo o que deve ser realmente feito a respeito da prova de vida. De acordo com eles, os beneficiários do INSS devem consultar diretamente seu banco pagador para saberem quando devem realmente fazer a prova de vida. A prova é obrigatória para todos que recebem por conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. Ainda de acordo com a publicação, as datas de comparecimento variam de acordo com os bancos, exemplo: tem bancos que utilizam a data de aniversário já outros, con
Pescadores são prejudicados por atraso no pagamento do seguro defeso

Pescadores são prejudicados por atraso no pagamento do seguro defeso

9 - Gerais/MD, Cidades, Economia, Minas Gerais, Módulos, Notícias
O INSS afirmou que a demora é devido a informatização do sistema. Após quatro meses, milhares de pescadores estão sem receber o seguro defeso. O benefício é a principal forma dos profissionais se manterem durante o período da piracema, e o atraso tem prejudicado o dia a dia deles. O benefício é dado para quem vive da pesca e equivale a um salário mínimo. Sendo assim, serve como renda durante o período da piracema, época em que a pesca é proibida. Sem ele, muitos estão precisando contar com a ajuda dos amigos para se sustentar. O pagamento é feito pelo Governo Federal, mas em uma colônia de pescadores de Alfenas, dos 1.490 trabalhadores, só 30 receberam. Segundo o advogado de uma associação de pescadores da cidade, o INSS justificou que o atraso aconteceu porque o sistema para dar ent
Saiba como está sendo feito o recadastramento do Seguro Defeso

Saiba como está sendo feito o recadastramento do Seguro Defeso

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
O site do INSS divulgou como fazer o recadastramento. No dia 10 dezembro de 2.018, o INSS anunciou  que o processamento dos requerimentos do Seguro Desemprego do Pescador Artesanal (SDPA) passou a ser inteiramente automático. A medida visa beneficiar 573.472 de pescadores artesanais no Brasil que receberam o Seguro Desemprego do Pescador Artesanal em 2017 e cujos cadastros estejam regulares em 2018. O processamento automático obedece ao Decreto 8.967/2017, que possibilita ao INSS o reconhecimento do direito ao SPDA de quem já recebeu o benefício em períodos anteriores. Desde que todas as informações estejam corretas nas bases cadastrais do INSS e preencham os critérios exigidos por Lei. Sendo assim, ao autorizar o processamento, o INSS entrega o resultado da análise ao pescador dentro
INSS começa a pagar a primeira parcela do 13º dos aposentados

INSS começa a pagar a primeira parcela do 13º dos aposentados

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
Vão receber o valor extra também pessoas atendidas pelos benefícios de pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão e salário-maternidade. Aposentados de todo o país vão receber a partir desta segunda-feira a primeira parcela do 13º salário, que corresponde à metade do valor do benefício, para quem se aposentou antes de janeiro deste ano. Para quem começou a receber o benefício em 2018, o valor será proporcional. Vão receber o valor extra também pessoas atendidas pelos benefícios de pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão e salário-maternidade. No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor também será proporcional ao período recebido. O pagamento será feito até 10 de setembro pelo INSS, de forma escalonada, conforme a tab
Pensionistas e segurados tem até 13 de agosto para agendar reavaliação no INSS; entenda

Pensionistas e segurados tem até 13 de agosto para agendar reavaliação no INSS; entenda

9 - Gerais/MD, Cidades, Economia, Minas Gerais, Módulos, Notícias
Quem não comparecer terá o benefício suspenso, diz o especialista Hilário Bocchi Júnior. Ao todo, 178 mil beneficiários de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez foram convocados. O INSS divulgou a lista dos beneficiários que podem ter a suspensão do pagamento do auxílio-doença, da aposentadoria por invalidez ou da pensão por morte. Veja se seu nome está na lista. Os segurados e pensionistas que estão nesta lista têm até o dia 13 de agosto para entrar em contato telefônico com a central de teleatendimento, ligando para o número 135, para agendar a perícia. Quem não ligar ou não comparecer no exame médico na data agendada terá o pagamento mensal do benefício suspenso. Quem não precisa passar pelo exame médico? Existem duas situações em que o aposentado por invalidez e o pension
Aposentadoria por idade poderá ser pedida pela internet ou telefone

Aposentadoria por idade poderá ser pedida pela internet ou telefone

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Gerais, Módulos, Notícias
Salário-maternidade também não precisará de agendamento.   A partir de segunda-feira, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixará de agendar o atendimento presencial para salário-maternidade e aposentadoria por idade urbanos. Agora, o segurado deverá acessar o Meu INSS ou ligar para o 135 e, em vez de agendar uma data para ser atendido, receberá direto o número do protocolo de requerimento, eliminando a etapa do agendamento. Atualmente, o segurado precisa agendar uma ida ao INSS para levar documentos e formalizar o pedido. Com o novo modelo, ao fazer o pedido, o cidadão acompanha o andamento pelo Meu INSS ou pelo telefone 135 e, somente se necessário, será chamado à agência. Nos casos em que as informações previdenciárias necessárias para o reconhecimento do direito
INSS convoca 94 mil segurados para revisão de benefícios

INSS convoca 94 mil segurados para revisão de benefícios

4 - Destaque 2/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
Foram convocados beneficiários não localizados ou que não agendaram o exame de revisão no prazo determinado. O governo federal convocou para perícia médica 94 mil pessoas que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os convocados devem procurar o INSS até 13 de abril. O edital de notificação foi publicado na edição desta sexta-feira (23) do “Diário Oficial da União” – (veja aqui; a lista com os nomes, por ordem alfabética, vai das páginas 121 a 367). O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Alberto Beltrame, informou que o edital notifica os segurados do INSS em dois casos: Beneficiários que precisam passar pelo exame e não foram localizados em razão de endereço desatualizado ou com informa
Grávidas com alto risco terão direito a receber auxílio do INSS sem carência

Grávidas com alto risco terão direito a receber auxílio do INSS sem carência

9 - Gerais/MD, Módulos, Notícias, Saúde
Juiz destaca proteção à maternidade, especialmente à gestante, como um dos pilares a serem respeitados pelo legislador e pelos aplicadores da lei.   Uma decisão liminar do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) reconheceu o direito das mulheres com gravidez de alto risco a receber auxílio-doença pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), independentemente do tempo de contribuição previdenciária. Antes disso, o órgão previdenciário vinha exigindo carência mínima de um ano para que seguradas recebam o benefício. A decisão resultou de pedido feito pela Defensoria Pública da União (DPU) por meio de ação civil pública e, por isso, é válida em todo o Brasil. Segundo o INSS, o auxílio-doença é um benefício por incapacidade devido ao segurado que comprove, em períci
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat