Search
Close this search box.

UEMG anuncia volta às aulas a partir de julho após o período de greve

0
COMPARTILHAMENTOS
226
VISUALIZAÇÕES

Em assembleia realizada na Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), em Belo Horizonte, nesta quarta-feira, 26, professores da instituição decidiram pelo fim da greve, que completou 56 dias ontem.

📱Participe do Canal Portal Onda Sul no WhatsApp

Segundo informações do vice-diretor da unidade Passos, Vinícius D’Ávila, a votação contou com 152 votos a favor da suspensão da greve, 47 contra e uma abstenção. Ainda de acordo com D’Ávila, o retorno das aulas está previsto para a próxima terça-feira, 2 de julho.

Segundo a Associação dos/as Docentes da Universidade do Estado de Minas Gerais (Aduemg), a proposta de suspensão da greve foi embasada em dois pontos: primeiro, o avanço e o esgotamento das possibilidades objetivas de negociação com o Governo Zema; segundo, pela efetivação do corte da ajuda de custo e a necessidade de impor uma Ação Judicial para buscar reverter o corte efetuado.

“Sobre a segunda questão cabe destacar que desde o início da greve havia uma ameaça real do corte no valor da ajuda de custo. Infelizmente esta ameaça se efetivou a partir do dia 20/06/2024, com o fechamento da operação da folha de pessoal da Uemg“, publicou a Associação.

De acordo com a Aduemg, as principais conquistas do movimento grevista foram: o cronograma de concursos públicos para docentes, técnicos administrativos e analistas; a garantia do pagamento por titulação dos contratados; a manutenção da ajuda de custo em casos de licenças (luto, saúde, maternidade e paternidade) no PL 2.309/24; a elaboração de uma proposta de lei sobre a Dedicação Exclusiva e às gratificações por titulação por meio do Grupo de Trabalho; a aprovação do projeto de lei 1371/2023 que construirá os primeiros restaurantes universitários da Uemg; a formação do Grupo de Trabalho para alteração do regime de trabalho de 20 para 40 horas, tripartite; e a recomposição orçamentária parcial de seis milhões para a volta das bolsas de pesquisa de professores.

Fonte: Folha da Manhã
Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4
Receba as notícias através do grupo oficial do jornalismo da Onda Sul no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nossos administradores poderão fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. Clique no link –> https://chat.whatsapp.com/G42MsF9LiiPILoe68hzHB4

 

×