Onda Sul FM

Tag: febre amarela

80 mil pessoas não se imunizaram contra a febre amarela na Região do Sul de Minas

80 mil pessoas não se imunizaram contra a febre amarela na Região do Sul de Minas

6 - Saúde/MD, Brasil, Cidades, Módulos, Notícias, Saúde
De acordo com o boletim epidemiológico divulgado na segunda-feira(18), a cobertura vacional da doença de febre amarela está abaixo do esperado em algumas cidades da região. Embora nenhuma pessoa tenha sido morta pela doença, macacos foram encontrados sem vida em 119 municípios o que torna ainda mais relevante a vacinação. Como exemplo, a cidade de Passos está com 71%, o que representa 34.623 pessoas não imunizadas. Em Paraíso o índice é maior, corresponde a 77,9% o que significa que está abaixo da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. Cerca de 80 mil pessoas ainda não estão imunizadas á doença. Contraposto, a cidade de Cássia possuí a menor cobertura, cerca de 54,6% já em Piuhmi apenas a faixa etária entre 10 e 14 anos não atingiu a meta e está entre as localidades com boa taxa de
Brasil tem 415 mortes confirmadas por febre amarela

Brasil tem 415 mortes confirmadas por febre amarela

6 - Saúde/MD, Módulos, Notícias, Saúde
Foram 1266 casos confirmados desde julho de 2017, mostram dados do Ministério da Saúde. Outros 1232 infecções estão sendo investigadas Desde julho de 2017, o Brasil registrou 415 mortes por febre amarela, informa o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. No boletim anterior, a pasta registrava 409 mortes. No total, 1266 infecções foram confirmadas. O Ministério da Saúde não confirma os casos e os óbitos na mesma hora em que ocorrem; por isso, os dados divulgados neste momento podem ser referentes a períodos anteriores. A pasta informa que 1232 casos estão sendo investigados. A região Sudeste continua registrando o maior número de casos e de mortos -- com apenas um óbito fora da região (Distrito Federal). Isso ocorreu porque antes de 2017 o vírus da
Levantamento vai apontar se vírus da febre amarela está em circulação em Poços

Levantamento vai apontar se vírus da febre amarela está em circulação em Poços

7 - Poços de Caldas/MD, Cidades, Módulos, Notícias, Poços de Caldas/MG, Saúde
Técnicos do Ministério da Saúde passaram esta semana em Poços para o trabalho que continua no laboratório da Funed, em Belo Horizonte Durante esta semana, técnicos do Ministério da Saúde, a serviço da Secretaria Estadual de Saúde estiveram em Poços para um trabalho importante e relacionado à prevenção da febre amarela no município. Por três dias, eles passaram por diversos pontos da cidade, especialmente em áreas de mata, para capturar exemplares dos mosquitos Haemagogus e Sabethes, transmissores da febre amarela silvestre. Já a febre amarela urbana é transmitida pelo Aedes aegypti, mas não tem casos registrados no Brasil desde a década de 1940. O levantamento foi uma solicitação da Vigilância Ambiental de Poços, como explica o coordenador Jorge Miguel Ferreira do Lago. “Há três se
Desde dezembro, febre amarela já matou 155 pessoas em Minas Gerais

Desde dezembro, febre amarela já matou 155 pessoas em Minas Gerais

6 - Saúde/MD, Cidades, Minas Gerais, Módulos, Notícias, Saúde
Dados divulgados nesta terça-feira pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) mostram que exames confirmaram mais cinco óbitos em decorrência da moléstia desde o último boletim, apresentado em 3 de abril. Mesmo com a diminuição de casos notificados de febre amarela nas últimas semanas, a doença continua provocando mortes. No período de monitoramento 2017/2018 (com início em julho do ano passado) foram registrados 155 mortes. Dados divulgados nesta terça-feira pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) mostram que exames confirmaram mais cinco óbitos em decorrência da moléstia desde o último boletim, apresentado em 3 de abril. A situação pode ser ainda pior, pois ainda há 19 casos de pessoas que perderam a vida com sintomas da enfermidade que estão sendo investigados. A vacina se
Período crítico da febre amarela passou, mas governo mantém alerta

Período crítico da febre amarela passou, mas governo mantém alerta

6 - Saúde/MD, Cidades, Minas Gerais, Módulos, Notícias, Saúde
De acordo com o subsecretário, a preocupação com a doença ainda é grande. Campanha de vacinação continuará em todo estado. O pico da epidemia de febre amarela já passou, mas o governo de Minas vai insistir no alerta contra a doença e no trabalho para alcançar a meta de vacinar 95% da população. Segundo o subsecretário de vigilância e proteção à Saúde, Ricardo Said, o período sazonal propício à propagação da doença acabou com um saldo de 446 casos confirmados em Minas, incluindo 150 mortes. Said participou de cerimônia de assinatura de protocolo de intenções do governo com a Fiocruz nesta quinta-feira, no Palácio da Liberdade. De acordo com o subsecretário, a preocupação com a febre amarela ainda é grande. O estado tem atualmente 92% de cobertura vacinal e o alerta para a prevençã
Mais um macaco é encontrado morto em Varginha

Mais um macaco é encontrado morto em Varginha

5 - Região/MD, Cidades, Módulos, Notícias, Saúde, Varginha/MG
Alerta A prefeitura de Varginha informou que mais um macaco foi encontrado morto na cidade, o animal estava na Praça Dom Pedro II mais conhecido como Jardim dos Sapos. O animal foi coletado pela equipe de vigilância ambiental e enviado para analise na Fundação Ezequiel Dias (FUNED) na metrópole Belo Horizonte. A administração municipal disse ainda que já foi realizado um rastreamento em todo local e que será feito um controle vetorial e a intensificação da vacina de Febre Amarela e orienta também para que as pessoas que ainda não receberam a dose que procurem o quanto antes as (UBS) Unidades Básicas de Saúde).                                    
Secretaria de Saúde confirma febre amarela em macacos achados mortos em cidades do Sul de MG

Secretaria de Saúde confirma febre amarela em macacos achados mortos em cidades do Sul de MG

6 - Saúde/MD, Cidades, Minas Gerais, Módulos, Notícias, Saúde
Novo relatório confirma a presença do vírus da doença em animais encontrados sem vida em Santo Antônio do Amparo e Nepomuceno. Secretaria de Saúde de Minas Gerais confirmou em novo boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (3) a presença de febre amarela em mais dois macacos encontrados mortos no Sul de Minas. Os novos casos confirmados são de primatas encontrados em fevereiro nas cidades de Santo Antônio do Amparo e Nepomuceno. Com os novos casos, sobe para sete o número de macacos com febre amarela confirmados no Sul de Minas neste ano. Antes, já tinha sido confirmada a presença do vírus em animais encontrados mortos em Ijaci, Cachoeira de Minas e Sapucaí-Mirim (em fevereiro) e Camanducaia e Congonhal (em janeiro). O macaco não transmite a febre amarela. Ele tam
Mortes por febre amarela chegam a 145 em Minas

Mortes por febre amarela chegam a 145 em Minas

6 - Saúde/MD, Brasil, Cidades, Módulos, Notícias, Saúde
 Já são 413 casos confirmados, outras 607 notificações seguem sendo investigadas. A febre amarela em Minas Gerais segue em alta. A cada semana, os números aumentam e fazem o alerta ser mantido para a prevenção. Já são 413 casos confirmados e 145 mortes. A situação pode ser ainda maior. Estão sendo investigados outras 607 notificações. Destes, 27 óbitos. A cobertura vacinal no estado também vem crescendo. Mas, mesmo assim ainda não atingiu a meta necessária. A estimativa é que pouco mais de 3,6 milhões de pessoas ainda não receberam nem uma dose da vacina. A temporada 2017/2018 teve início em julho do ano passado. Porém, o primeiro paciente confirmado com a doença no período começou a sentir os sintomas em 23 de dezembro. De lá para cá, os casos se multiplicaram rapidamente. A média
Vacinação contra febre amarela será ampliada para todo o Brasil

Vacinação contra febre amarela será ampliada para todo o Brasil

6 - Saúde/MD, Brasil, Cidades, Módulos, Notícias, Saúde
Expectativa é de que, até abril do próximo ano, 1.586 municípios estejam incluídos na área de recomendação da vacina. Todo território brasileiro será considerado como área de recomendação para vacina contra febre amarela e a ampliação das áreas de cobertura será feita de forma gradual. A determinação é do Ministério da Saúde e conta com o aval da Organização Mundial da Saúde. São Paulo, Rio e Bahia, que já realizam uma campanha em áreas consideradas prioritárias, deverão manter a iniciativa e estender para toda população. Nesses três Estados, a imunização será feita com doses fracionadas, com um quinto de imunizante que é usado na dose integral. Nos demais Estados, serão usadas doses integrais da vacinal. "É evidente que o vírus amplia seu espaço a cada ano. Vamos procurar oferecer
Autoridades de saúde fecham cerco à febre amarela no Sul de Minas

Autoridades de saúde fecham cerco à febre amarela no Sul de Minas

6 - Saúde/MD, Brasil, Cidades, Módulos, Notícias, Saúde
Letalidade da doença, acima de 50% em números de casos confirmados, reforça necessidade de vacinação. (Foto: Reuters) Sul de Minas vive um surto de febre amarela sem precedentes. Até agora, oficialmente, já foram confirmados pela Secretaria de Estado de Saúde 19 casos da doença na região, com 10 mortes. Pelo menos nove desses casos foram confirmados na área de abrangência da Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre, que engloba 53 municípios. Segundo o superintendente Luis Augusto de Faria, "apesar de estável, a situação não está totalmente controlada e o controle depende muito mais do cidadão no ato de buscar a vacinação". Para entender os motivos que levaram o Sul de Minas a registrar tantos casos da doença neste ano, o G1 foi até Pouso Alegre conversar com o super
© 1999-2020 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA